Kelps volta a cobrar linguagem de sinais nas transmissões da Assembleia

Kelps cobrou hoje, 8 de maio, que as transmissões da TV Assembleia, bem como os pronunciamentos dos deputados nas sessões plenárias, sejam transcritas em libras, para dar acessibilidade aos deficientes auditivos do Rio Grande do Norte.

Kelps trouxe a plenário uma tradutora e intérprete de língua de sinais para que o seu discurso fosse compreendido pelos surdos que estavam presentes em plenário.

“É preciso que essas pessoas saibam o que acontece no Poder Legislativo. A Assembleia, que é a Casa do Povo, precisa fazer a inclusão deste segmento da sociedade”, argumentou o parlamentar.

Leave a Reply