Kelps homenageou as Polícias Civil e Militar na Assembleia Legislativa em sessão solene nesta segunda-feira

Foram homenageados oficiais, praças, delegados, agentes e escrivães das corporações.

“O policial tem que ser tratado como servidor público especial, pois é ele quem materializa aquilo que a Constituição Federal tratou como o único monopólio do Estado, que é o uso exclusivo da força. Não dá para banalizar o policial e tratá-lo como algo corriqueiro na estrutura do Estado. Enquanto não tivermos esse olhar, as polícias vão continuar atuando sem a devida estrutura”, disse Kelps parabenizando os policiais presentes na sessão.

Leave a Reply