Kelps defende a Polícia contra declarações do Vice-Governador: “Policiais não são capitães do mato”

Kelps lamenta as declarações do vice-governador do Estado comparando os policiais militares do Rio Grande do Norte aos capitães do mato de antigamente, que serviam aos donos de fazenda capturando escravos fugitivos.

Kelps lembra que enquanto os policiais militares estão com salários atrasados, trabalhando em condições terríveis, e tendo suas vidas patrulhadas por grupos ideológicos que se auto intitulam “antifascistas”, o vice-governador mandou para a Assembleia um pedido de aumento de 16% exclusivamente para os Procuradores de Estado, justamente a categoria da qual ele, o vice-governador, faz parte.

A polícia merece respeito.

Leave a Reply