Dois pesos e duas medidas: Kelps diz que enquanto dialoga para não pagar piso aos professores, Governo confisca mercadorias de pessoas vulneráveis na Cidade da Esperança

Kelps presidiu nesta quarta-feira, 6 de maio, a Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa.

E aproveitou para chamar a atenção do Governo do Estado para a necessidade da coerência na atuação político-administrativa no RN.

A confiança e a coerência são aliados dos Governos. Juntas, formam uma liga que faz as pessoas enxergarem que vale a pena cumprir as leis, respeitar o ordenamento jurídico.

Quando o Governo começa a ser incoerente, usando o diálogo para ter vantagem e a falta de diálogo contra quem está em situação mais frágil, cai em incoerência, quebra a liga e perde a confiança.

Kelps citou dois casos emblemáticos.

O caso um é a negativa do Governo do Estado em pagar o piso dos professores, que está atrasado desde janeiro de 2020. Nesta situação, o Governo está usando o “diálogo” como desculpa para manter este atraso.

O fato dois é o vídeo que circula na internet e mostra a estrutura do Estado (veículos, homens de colete, emblemas oficiais) usada para confiscar mantimentos em uma residência do bairro da Cidade da Esperança.

“Será que está havendo excesso de diálogo onde o Governo está errado e falta de diálogo onde o Governo é algoz?”, pergunta Kelps.

Comments are closed.